Notícias

Professora de Campinas concorre ao ‘Nobel da Educação’

A Varkey Foundation anunciou na semana passada que três professores do Brasil estão entre os 50 finalistas que concorrem ao Global Teacher Prize 2020, considerado o “Nobel da Educação”.

Realizado em parceria com a Unesco (braço da Organização das Nações Unidas para educação e cultura), o prêmio oferece US$ 1 milhão aos vencedores. Cerca de 12 mil professores, de 140 países, foram indicados.

Entre os finalistas, está a professora Doani Emanuela Bertan, da Emef Júlio de Mesquita Filho, localizada no Jardim São Vicente, em Campinas.

Doani ensina LIBRAS, o sistema brasileiro de língua de sinais, para alunos com deficiência auditiva e começou a promover videochamadas para responder dúvidas e preocupações nas aulas diárias.

Os tutoriais on-line se transformaram em videoaulas bilíngues, permitindo que o conhecimento se espalhasse fora do ambiente escolar de forma gratuita.

Também concorrem ao prêmio o professor dFrancisco Celso Freitas, de Santa Maria (DF), e a professora Lília Melo, de Belém (PA).

Apesar da crise envolvendo o novo coronavírus, a expectativa é que a lista com os 10 finalistas seja divulgada no próximo mês de junho. A premiação será entregue em outubro.

Com informações do UOL e PORVIR